O palco e o mundo


Eu, Pádua Fernandes, dei o título de meu primeiro livro a este blogue porque bem representa os temas sobre que pretendo escrever: assuntos da ordem do palco e da ordem do mundo, bem como aqueles que abrem as fronteiras e instauram a desordem entre os dois campos.
Como escreveu Murilo Mendes, de um lado temos "as ruas gritando de luzes e movimentos" e, de outro, "as colunas da ordem e da desordem"; próximas, sempre.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Lançamento de Cálcio e de Cidadania da bomba em São Paulo



Escrevo esta nota apenas para avisar que lanço neste dia 15 de outubro, na Casa das Rosas (Av. Paulista, 37), em São Paulo, a edição brasileira de Cálcio (poesia, Hedra) e a edição impressa de Cidadania da bomba (contos, Patuá e E-Galáxia).
Na mesma ocasião, serão lançados três livros de poesia que ganharam um edital de cultura da Petrobrás: Treme ainda, de Fabio Weintraub, Caçambas, de Ruy Proença, e Viagem a um deserto interior, de Leila Guenter. Além desses, teremos a tradução comentada de Woyzeck, de Büchner, por Tercio Redondo.
Na contracapa de Cálcio, foram incluídos trechos da recensão de Maria da Conceição Caleiro, no jornal O Público, sobre a edição portuguesa (pela Averno), e da apresentação que Julián Axat fez da edição argentina, publicada por Libros de la talita dorada.


A orelha é de Eduardo Sterzi.
Cidadania da bomba tem apresentação de Ricardo Rizzo, "Democracia desertada"; um trecho dela foi para a orelha.






2 comentários:

  1. Muito bom. Lançamentos conjuntos. Uma produção profícua. Vou procurá-los. Um tema tratado por mim há algum tempo, pedindo sua opinião. Saiu a opinião da Suprema Corte. Me pareceu boa: http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,stf-elimina-pederastia-em-norma-que-pune-ato-sexual-nas-forcas-armadas,1787657. Abr, Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado! Ainda vou ler a decisão. Abraços!

      Excluir